segunda-feira, março 17, 2008

o sétimo selo do zé

Este foi o primeiro livro que li do JRS, até agora andei sempre um bocado desconfiada, mas decidi finalmente dar-lhe o benefício da dúvida, num livro que pensei ser uma história de mistério, misturada com factos reais do que se passa actualmente no nosso mundo.
Se lerem o que está no
site da Gradiva sobre o livro, o que ficam a pensar??

“Um cientista é assassinado na Antárctida e a Interpol contacta Tomás Noronha para decifrar um enigma com mais de mil anos, um segredo bíblico que o criminoso rabiscou numa folha e deixou ao lado do cadáver: 666.
O mistério em torno do número da Besta lança Tomás numa aventura de tirar o fôlego, uma busca que o levará a confrontar-se com o momento mais temido por toda a humanidade.
O apocalipse.
De Portugal à Sibéria, da Antártida à Austrália, O Sétimo Selo transporta-nos numa empolgante viagem às maiores ameaças que se erguem à sobrevivência da humanidade.”


Ora bem, o Tomás Noronha não vai decifrar nenhum mistério com mais de 1000 anos, não há nenhum segredo biblíco, e o 666 vai acabar por não significar nada em particular, nada que acrescente algo de interessante à história.
A aventura não é de tirar o folêgo. Só se for de aborrecimento, de tanto abrir a boca ao olhar para a quantidade de páginas que faltam para acabarmos com aquela enoooooooorme seca.
Empolgante viagem? Voltar a ler o parágrafo anterior, por favor…

Ou seja… a história do livro é muito fraca. Das 500 páginas, umas 400 são passadas a dar-nos toda e qualquer informação sobre o aquecimento global e a problemática do petróleo e do funcionamento das petrolíferas. Repetidamente. Constantemente. Parece um “copy-paste” de documentação sobre o assunto, porque acho que o Zé nem grande poder de escrita tem. E, se eu quisesse ficar inteirada deste assunto, tinha lido um livro de não ficção sobre o mesmo, não ia pegar num livro de ficção que promete uma história de mistério e afinal não há grande mistério ali, até porque o livro acaba sem se saber quem são os verdadeiros “culpados”! E a surpresa, a reviravolta no final, não aquece nem arrefece, mesmo que fosse boa por aquela altura já só se quer é chegar ao fim e nada causa qualquer entusiasmo.

O Tomás, coitadinho… Ó Tomás, és um ganda xoninhas, meu!! Quem é que vai acreditar que um tipo daqueles conseguiria acrescentar algo de relevante a uma investigação? A tentativa de imitar Dan Brown e o seu Robert Langdon é óbvia, mas mesmo imaginando o Tom Hanks no seu ar mais “palhaço” a fazer de Tomás, qualquer comparação fica a anos luz. Ele nem ajuda muito em nada, dá uma teoria do porquê do uso do 666 pelos “bandidos” mas que não faz grande falta e de resto lá anda a correr dum lado para o outro, a ouvir pela quinquagésima vez que o petróleo assim e assado. E um tipo daqueles tinha a alcunha de Casanova no liceu?? Ah, piada… Se bem que a boazona da história lhe cai aos pés horas depois de o conhecer, deve ser algo que me ultrapassa…

Certinho certinho, é que não volto a pegar num livro do Zézinho! ;)

16 comments:

Buzelina 17/3/08 15:34  

Ofereceram-mo pelos anos e tb não me parece que o vá ler. O teu comentário só confirma os meus receios em relação ao JRS. A P. que o leia, já que gostou tanto dos anteriores :op

Tania Ho 17/3/08 16:01  

lol, ainda bem que avisas ! Tenho lá um outro livro dele que me ofereceram o ano passado mas acho que vai ficar na prateleira a apanhar pó :P

fantasma 17/3/08 16:04  

Epá, há quem goste muito dele, por isso nunca se sabe...
Eu é que de certeza que não leio mais nenhum :oP

Flor 17/3/08 20:07  

Este livro parece que é mesmo de fugir :p
Mas ouvi dizer bem do Codex. O meu pai tem lá em casa, mas até tenho medo :p

fantasma 17/3/08 22:40  

O Codex também é com o Tomás de Noronha, ou a história é melhor (que é como quem diz, tem história!) ou pelo personagem não te safas, que uma vez xoninhas, sempre xoninhas!! :op

Ana O. 18/3/08 00:46  

LOL! Eu bastou-me ler a A Fórmula de Deus para nunca mais querer pegar num livro do senhor. Não fiz mal a ninguém, bolas!
E sabes que te digo? O homem pode ser um "fucking" escritor mas não é o meu cup of tea! :-P

fantasma 18/3/08 09:29  

O resto do livro aborreceu-me tanto que nem me lembrei de falar dessa mania dele de usar palavras e expressões em inglês! Se bem que foi mais no início, depois nem se dava por isso...
Mas essa frase está muito bem metida ;o)

Tânia 18/3/08 17:41  

Looool! Não li o livro, mas o que já me ri com a tua "critica"!!!

fantasma 18/3/08 17:47  

Esforçamo-nos por agradar ;op

Patrícia 19/3/08 11:48  

mas porque é que o comentário que deixei aqui ontem não apareceu????
Eu estou a acabar o livro e é realmente uma seca. O herói não é só xoninhas... é burro também! É preciso explicar-lhe as coisas pelo menos duas vezes para ele perceber... tadinho!!! A informação é uma seca, o segredo do sétimo selo e do 666 não é nenhum... uma seca!!!

fantasma 19/3/08 11:50  

Mais alguém que concorda comigo.
Seca é a palavra chave!! ;o)

Patrícia 20/3/08 11:34  

Acabei-o ontem.

IT SUCKS!!!!

Anónimo 1/6/08 17:00  

ha pessoas q qerem ficar na ingnorancia pa toda a vida...

parabéns ao zé ;)

Ana O. 1/6/08 17:44  

E há quem ignore o que é saber escrever bem!
Parabéns ao Zé, sim senhora, que à conta de mensagens mais que batidas, formatos copiados de outros escritores, tem engordado a sua contazinha bancária. É preciso muito talento realmente!

Sandra 6/11/10 12:52  

voces devem ser muito burros para nao gostar deste livro, so pode.. sim, a escrita nao é das melhores e ainda por cima repetem muitas vezes a mesma coisa, isso nao gostei mas é para todas as pessoas que quiserem ler percebam.
eu gostei muito da historia, fez me abrir os olhos para o que esta a acontecer no nosso planeta e se alguem que tenha lido nao se incomudou é porque é muito besta. desculpem se estou a mogoar alguem.
e as pessoas que nao leram porque andam a acreditar no que dizem e por isso nao o lêm ainda são piores.
eu adorei e vou voltar a lê lo.
beijinhus a todos

Anónimo 20/9/11 12:13  

LOL Basta haver uma a dizer mal vai logo tudo atrás... Que rebanho!Os vossos comentários é que são uma verdadeira seca!... E a quantidade de tótós que nunca leu e já nem vai ler... It sucks... Deixarem-se influenciar ou ficar pela opinião dos outros é muito limitativo! Vão lá ler os livrinhos do Dan Brown com o seu Robert Langdon... LOL

  © Blogger template 'Sunshine' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP