terça-feira, novembro 20, 2007

to cut... or not to cut

Agora que está a chegar a altura de ir dar nova "demão" aqui à gadelha ruiva, coloca-se mais uma vez a questão: além da pintura, corto ou não corto? Não pensem que é nada de radical, mas há alturas em que fico farta de me ver sempre da mesma maneira. Da última vez ia decidida (quase, vá...) a cortar franja, mas a minha cabeleireira, quando me ouviu, disse que eu estava louca. "Então tu, que é sempre cortar as pontinhas e mais nada, agora assim de repente queres cortar uma franja?! Algo radical?? Escadeio-te isso tudo e mai-nada!" ;o)
Assim foi, agarrou na tesoura e cortou por todo o lado, deixando-o bem mais curto na frente do que é costume, e disse que era para ver se eu me habituava assim, e então da próxima, se eu ainda quisesse, lá íamos à franja.

Chegámos à próxima... e então? Franja ou não franja? E depois aquela fase em que queremos deixar crescer e está dum tamanho que só de gancho se sobrevive? Mas não devíamos de vez em quando mudar qualquer coisa em nós? Mas e se depois não me consigo pentear como deve ser em casa? Mas e se até gosto??
Ai, decisions, decisions...... ;)

(e que tal se fosse assim, à Beatriz Costa?? :-p)

16 comments:

Witchie 20/11/07 12:15  

Podes sempre pensar: que se lixe, o cabelo volta a crescer, vou arriscar e ver se gosto! :)

Fiz isso uma vez e fiquei com os meus caracóis acima dos ombros. Na altura adorei o resultado e andei assim uns dois anos. Depois tive saudades do cabelo comprido e voltei a deixar crescer!

Se nunca experimentares, como sabes se gostas? :)

fantasma 20/11/07 12:28  

E se experimento e não gosto? E franja é franja!
;)

Flor 20/11/07 12:30  

Eu cá sou de mudanças radicais, como bem sabes ;-)
Bjs

Witchie 20/11/07 12:38  

Se não gostas não faz mal, o cabelo volta a crescer! Eu era logo à Beatriz Costa e mai' nada!

fantasma 20/11/07 12:47  

Cortar como o teu é que era, hem, Flor??? ;oP

E Beatriz Costa nem pensar! Franja, o resto fica como está :)

Ana O. 20/11/07 14:09  

Eu cá também não tenho medo de arriscar, se não gostares de ver a franja há sempre maneiras de disfarçar, ganchos, fitas e sei lá mais que acessórios! ;-)

PA 20/11/07 14:22  

Eu também gosto de arriscar e fazer mudanças. Ao menos o cabelo volta a crescer, não é como outras mudanças que fazemos e que não são tão reversíveis como estes cortes.
Acho muito bem que faças franja ;)
Na pior das hipóteses (se não gostares) um ano depois já está na mesma.

syrin 20/11/07 14:47  

Pois, concordo com o resto das meninas... experimenta. Eu andei a resistir a estes escadeados mais fortes durante imenso tempo, até que um dia dei rédeas à cabeleireira, que muito a medo (porque bem me conhece) lá se aventurou. E gosto.
De vez em quando faz bem mudar. ;)

fantasma 20/11/07 14:52  

Aiiiiiiii, mas não há ninguém que me diga para ter juízo e ficar quieta?!?! :oP
A tua cabeleireira é como a minha então, syrin. Este escadeado que tenho agora foi um sonho para ela, e eu geralmente gosto (até pq andava com o cabelo muito escorrido), excepto nos dias húmidos ;)

Tânia 20/11/07 15:24  

Também não sou de grandes mudanças, mas às vezes sinto essa necessidade. E o melhor é não pensar muito no assunto ;)

leonor 20/11/07 17:04  

Fica quieta :D
Eu seria incapaz de grandes mudanças, mas com esta trunfa não há muito a fazer...
Bjs

patxocas 21/11/07 14:29  

Faz a franja!!!
E se tiveres um cabelo como o meu, passas a colocar de lado e a prender e a vê-la crescer e a voltar ao normal.
Mas,ao menos, experimentaste. ;)

fantasma 21/11/07 14:32  

Já vens tarde no comentário, patxi, já fui ao cabeleireiro ontem. Agora se cortei ou não, isso agora..... ;o)

patxocas 21/11/07 14:34  

Ah... pelo pacote de açucar dá para ver que não fizeste franja. :o

fantasma 21/11/07 14:36  

LOOOL!
O pacote de açúcar estava há mto tempo comigo para lhe tirar fotografia, calhou ser só ontem. Não tem nada a ver com a franja :O

Oriana 22/11/07 16:39  

Eu depois de 4 anos sempre com o mesmo corte (liso pelo meio das costas e sem franja) decidi no ano passado de fazer uma franja. Estranhamente gostei muito. De todas as formas, se não gostares, ela cresce mesmo depressa. ;-)

  © Blogger template 'Sunshine' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP