quinta-feira, outubro 18, 2007

o 2º desafio

Para não parecer obrigação e tornar a tarefa até mais engraçada, a minha ideia é fazer o Unread Authors Challenge a ler um livro do desafio por mês, ao longo dos 6 meses.
O livro escolhido para este mês de Outubro foi
A Quinta Mulher, de Henning Mankell, um autor sueco já muitas vezes premiado com vários galardões da escrita policial e não só, e que estava na minha estante há muitos anos, seria dos livros mais antigos comprados por mim ainda por ler, há mais de 4 anos. Como eu gosto muito de thrillers, livros de mistério, policiais, suspense e afins, tinha esperança (ou medo?? ;)) de encontrar mais um autor do género, mas o livro vinha sendo ultrapassado por outros constantemente. Agora com o Desafio lá lhe peguei e posso dizer que definitivamente NÃO vou ler mais livros dele!
Foram 10 dias duros, a arrastar o livro, a praguejar contra ele.

Temos um assassínio a começar, mais dois se seguirão (mas lentamente....), e perdem-se páginas e páginas com as deambulações da equipa policial, as suas suposições, as suas dúvidas. Não tem acção, não tem suspense, não tem "aquilo" que faz dum thriller um bom thriller. E o fim só nos traz alívio...

Esperemos que tenha mais sorte nos Desafios que me restam!


"Na noite de 21 de Setembro de 1994, um velhote simpático, poeta amador e observador de pássaros, é apanhado numa terrível armadilha. Kurt Wallander, o inspector de polícia local, encontra-o, mais tarde, morto, perfurado por afiadas estacas de bambu. Pouco tempo depois, é encontrado num bosque o corpo de um florista aficionado pelo cultivo de orquídeas. Haverá alguma ligação entre dois homens, aparentemente inocentes e com hobbies tão respeitáveis? Quem os poderia odiar ao ponto de os torturar sadicamente até à morte? Wallander e a sua equipa depressa se apercebem de que têm de enfrentar um assassino escrupulosamente bem preparado e com uma inteligência temível, que deixa transparecer um sanguinário desejo de vingança. E quando a polícia crê estar na pista certa, eis que ocorre um novo assassinato. Este romance aborda a violência e a crueldade de um mundo que muda demasiado depressa, em que o sistema judicial parece já não ser suficientemente eficiente para deter os criminosos. É uma história que se caracteriza pela sordidez e que leva o leitor a sentir-se totalmente embrenhado na investigação. Ao longo da narrativa, vamo-nos deparando com uma inesperada moralidade capaz de entender as motivações do assassino. Henning Mankell revela, através de uma narrativa tão gélida quanto obscura, porque é considerado um dos mais talentosos autores de romances policiais, um verdadeiro autor de culto. «A Quinta Mulher» é um dos mais aclamados romances de Mankell, autor do já publicado, nesta colecção, «Assassino Sem Rosto». Traduzido para mais de 25 línguas, já é considerado um bestseller mundial, tendo recebido em 1999, na Alemanha, o 'German Crime Prize' e o 'Book of The Year Award', e permaneceu no top livros alemão, encabeçando a lista, durante 40 semanas consecutivas."

5 comments:

Ana O. 19/10/07 08:25  

Eu tenho lá um livro deste autor para ler, se não me engano é o primeiro desta série. Agora estou com sérias dúvidas de que vá pegar-lhe! :-s

fantasma 19/10/07 09:44  

Também pode ser uma má fase de leitura para mim, ou não ser o meu género e pronto... Afinal dizem muito bem dele e já ganhou tantos prémios :s
Já houve livros que eu gostei mto e te recomendei e tu não gostaste! Nunca se sabe ;o)

Ana O. 19/10/07 11:55  

Não sei, não sei, tenho de pensar bem no assunto! ;-)

Coração de Tangerina 19/10/07 16:13  

Bem, nunca li nada dele e pelo post também não tenho vontade!!! Que exelente ideia a deste desafio, virei mais vezes para ver o que sugeres!!!

Até breve...

terpsicore 19/10/07 16:22  

pois eu sou uma grande fã dele, li o primeiro para o meu desafio 5 continentes,5 países, 5 autores e fiquei viciada.
a quinta mulher, por acaso, nunca li.

  © Blogger template 'Sunshine' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP