terça-feira, maio 08, 2007

tarte

Apesar da dieta, andava ao tempo com vontade de fazer qualquer coisa doce, as últimas coisas que fiz foram sempre mousse de chocolate, e mesmo isso já lá vão uns 2 meses. Assim, e como o P. gosta muito de tarte de côco (ou pelo menos anda sempre a falar duma que comia num restaurante onde costuma ir :oP), andei na net à procura duma receita de tarte para fazer.
A receita que encontrei dizia para fazermos também a massa, mas eu fiz batota e comprei massa quebrada já feita, a preguiça dá nisto (uma hora à espera que a massa ficasse pronta?! nem pensar :))

Posso-vos dizer que não fiquei muito convencida com o resultado final. Não que a tarte não estivesse boa, mas a mim sabia-me a arroz doce com sabor a côco! E quanto à massa, é boa, mas para esta tarte em específico achei que não combinava por aí além.

Deixo-vos de qualquer modo aqui a receita:

Para a massa:
1 ovo
125 grs de açúcar
250 grs de farinha
125 grs de manteiga ou margarina

Para o recheio:
3 ovos
150 grs de açúcar
1 colher de sopa de farinha
125 grs de coco ralado
5 dl de leite
1 casca de limão
canela em pó

Bata o ovo com o açúcar até obter uma mistura homogénea e cremosa. Junte a farinha peneirada e misture em areia com a ponta dos dedos. Corte a manteiga em bocados, junte-a à massa, trabalhe tudo rapidamente de modo a obter uma massa mal ligada. Molde em bola e deixe descansar durante 1 hora. Em seguida estenda a massa e forre uma forma de tarte com o fundo móvel. Pique o fundo da massa com um garfo fino e leve a cozer em forno quente (200ºC) durante 15 minutos.

Entretanto, bata os ovos com o açúcar e a farinha até obter uma mistura muito fofa. Adicione o coco e, por fim, a pouco e pouco, o leite frio, mas previamente fervido com a casca de limão (na minha opinião foi o leite com casca de limão que me fez lembrar o arroz doce...). Deite este creme na caixa da massa e leve a cozer em forno médio durante cerca de 30 minutos. Sirva a tarte fria polvilhada com canela.

Como não tinha canela em casa, bem, lá teve de ser um bocadinho de chantilly para ser diferente ;o)

8 comments:

Virgulina 8/5/07 11:29  

Não sou grande amante de côco e em tarte não me seduz. Mas gosto dos teus pratos! ;-)

Miar à chuva 8/5/07 12:04  

Mas que tem muito bom aspecto, lá isso tem! ;-)

witchie 8/5/07 12:49  

Ah, também aderiste! Bem vinda sejas! ;)
Eu também não sou lá grande fã de côco, por isso acho que não vou provar... Mas vi uma tarte dessas que parece ter feito sucesso num blog que visito... Se a encontrar mando-ta, pode ser que corra melhor.
E nas receitas de doces é sempre bom não aldrabar. Se te mandam fazer a massa, não sejas preguiçosa! Normalmente resulta melhor ;)

fantasma 8/5/07 12:52  

Eu tb não ligo muito a côco, mas as coisas que nós fazemos pelos nossos gaijos, hem?! ;)

Manda manda, se encontrares! E prometo que para a próxima faço tudo :p

Buzelina 8/5/07 14:57  

Doces com côco são os meus preferidos ! (separados á nascença, eu sei !)

Acho que a canela não fazia ali falta nenhuma ( e eu gosto bastante tb).E está com óptimo aspecto , mnham :-P

Flor 8/5/07 15:44  

Pode não saber bem, mas tem muito bom aspecto :)

Psyche 8/5/07 21:29  

mnham mnham

Cenoura aka PA 10/5/07 13:39  

Olhe é uma fatia para aqui sim? Dispenso é o chantilly mas pode vir com uma bola de gelado que faz o mesmo efeito...

  © Blogger template 'Sunshine' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP