terça-feira, novembro 29, 2005

Que raiva

De certeza que já vos aconteceu. Terem qualquer coisa entalada na garganta para dizer e não poderem. E ficar a remoer-vos lá dentro, e acumular a cada dia que passa, e ganhar raízes cada vez mais profundas.

Há coisas mais importantes que outras, que custam mais que umas mais pequenas. Que nos doem só de pensar no motivo de as termos abafadas. Se calhar sou eu que exagero e faço uma tempestade num copo de água, ou me preocupo com coisas e pessoas que só deveriam merecer o meu desprezo e nem um segundo do meu tempo, mas é mais forte que eu. Não sou capaz de passar por cima.
E hoje está-me a custar... Talvez seja porque já não ando bem, estou desanimada, desmotivada, com a neura; farta desta época "festiva" que ainda demorará mais de um mês a passar, cansada das multidões em histeria pelas lojas e centros comerciais numa alegria e exagerada e em muitos casos sem motivo, e sem ver grande futuro na minha vida profissional... tudo isto torna a pessoa mais susceptível às agruras interiores.
Apetecia-me tanto dizer umas quantas verdades a algumas pessoas que só se lembram que eu existo quando lhes dá jeito, ou por arrasto. Em particular a uma pessoa, cínica, hipócrita, falsa, que se faz de coitadinha, que utiliza os outros e não faz força para cuidar de si própria, e se aproveita d@s amig@s. Não de mim, que não sou sua amiga nem nunca serei, detesto pessoas assim. E já tive simpatia por essa pessoa, achei que era diferente, mas afinal foi simpatia desperdiçada. Mas não posso desabafar o que tenho no coração, porque não é "politicamente correcto" e principalmente porque iria afectar quem não tem nada a ver com o assunto...

Que raiva, mesmo!!!
Desculpem-me o post amargo mas tinha de deitar qualquer coisa cá para fora...

18 comments:

Witchie 29/11/05 17:05  

Não fiques assim... Pelo que dizes, essa pessoa não vale, certamente, a tua irritação e o teu desgaste.

Concentra-te nas coisas boas e deixa as pessoas pequenas de lado.

Beijo muito grande *

[[[[C.]]]]

E que lindo está o teu blog! Adoro esse mar de pétalas azuis! *

fantasma 29/11/05 17:21  

Obrigada, bruxinha. Duplamente. Pelo abracinho e por me teres inspirado no teu blog e me teres feito ir tentar descobrir como é que punha qualquer coisa de background no blog! :o) Andava cansada de ter sempre o mesmo aspecto ;op

Teresa 29/11/05 18:29  

O blog novo está lindo, e boa sorte com essa raiva passar. Sim, há gente assim mesmo o melhor é tentarmos ignorar sempre que podermos!

Witchie 29/11/05 18:50  

Pois, eu também estava farta do meu layout... Tanto verde já me enjoava! E ontem passei a tarde em remodelações... Não devia, mas pronto, perdi-me! ;)

papalagui 29/11/05 20:11  

Compreendo-te bem, há pessoas que não vale a pena. Eu própria me debato com um problemita com uns amigos, até escrevi um texto sobre o assunto no blogue. O mais engraçado, e isso fez-me pensar, é que ninguém comentou o texto...
Contigo contigo, bruxinha, provavelmente essas pessoas nem merecem que se fale delas, é dar-lhes importância a mais mas a verdade é que não se podem riscar momentos da nossa vida. É complicado e desgasta-nos.
Se te alivia, fantasminha, fala com a pessoa, é isso que irei fazer um dia quando a apanhar a jeito ou a vir.

papalagui 29/11/05 20:12  

E esqueci-me, beijocas e muito ânimo!

Witchie 29/11/05 20:41  

Concordo com a papalagui, se te deixa melhor contigo e com o mundo falar com a pessoa, força! O que eu quis dizer foi: achas que vale a pena ires-te tão abaixo por alguém que não merece? *

fantasma 29/11/05 22:33  

Estas coisas nunca são fáceis de comentar por quem não sabe ao certo o motivo da discórdia, acho eu... Tenta ajudar-se, dar força, mas depois fica com cada um.
Só o escrevi porque estava a precisar de deitar cá para fora, geralmente abstenho-me de escrever coisas deste género no blog, talvez porque receio "mostrar-me" demasiado.
Mas vocês têm razão, estou a dar demasiada importância e pensando friamente telvez exagere até um pouco... Infelizmente não posso falar com a pessoa, porque não sou a única envolvida e iria gerar um mau ambiente num grupo de pessoas que seria insustentável, não por mim, mas tenho de pensar nos outros. Inclusivé poderia ser mal interpretada e isso seria ainda pior.
É preciso ser superior! Até porque fiquei muito melhor depois de ler o que vocês cá escreveram. Vocês que estão aí do outro lado do espaço cibernautico, e mto, mto + próximo que muita gente ao meu lado...
Beijos***

Patrícia 30/11/05 00:10  

Eh Lecas, C.!!
E bom ver depois de ler os comentarios que ja estas mais calma! Ha dias assim, em que o melhor a fazer e mesmo deixar saltar a tampa a panela. A pressao baixa, o vapor dissipa-se e a vida pode continuar a "cozer".

Beijocas grandes

p.s. gosto muito do teu blog novo

papalagui 30/11/05 09:41  

Desabafar alivia imenso, se não fosse o meu blog o luto que faço do meu querido pai, seria mil vezes pior... Fico contente por saver-te melhor. Mil beijocas

Flor 30/11/05 12:04  

Bem amiga, geralmente o que faço neste casos é pura e simplesmente ignorar. Eu acho que só me dou ao trabalho de ter uma conversa séria com pessoas dessas quando as tenho em consideração e não gosto de ficar chateada. Quando são pessoas assim, a indiferença é o melhor remédio. As únicas vezes em que não me consegui calar foi porque atacaram os meus amigos e aí fico uma fera. Mas digo-te desde já que acabo por ficar mal :'( Há sempre alguém de fora que decide meter a colher e nós acabamos por ser as más da fita.
Por isso querida amiga, ignora essa pessoa, se não te interessa ser amiga dela, vira-te para os teus amigos, que, esses sim, são importantes.
Beijos muito grandes e se precisares de desabafar está à vontade. Afinal estamos aqui para isoo. *************

fantasma 30/11/05 12:13  

O problema maior aqui é que a pessoa em causa faz parte do grupo de amigos... Não há como ignorá-la por completo :)
Mas vou fazer os possíveis para ser superior.
Obrigada!! *****

borbolletta 30/11/05 12:36  

Podemos muitas vezes desabafar, mas quando o desabafo se transforma em ofensa de baixo nivel e insultuosa, ai perde-se toda a razao.

desculpa as palavras, C, não é o teu caso, pelo menos do que conheço de ti! o que interessa é que estás melhor. às vezes é preciso deixar a agua verter um bocadinho da panela, pra libertar a pressão. e e vida continua;)

beijinhos

fantasma 30/11/05 12:43  

Não sei se te percebi... Ou se percebi mal.
Primeiro, ninguém conhece a pessoa de que estou aqui a falar. Segundo, não a ofendi. Terceiro, não se se te estavas a referir a alguém em especial.
Eu é que não gosto de meias palavras, fico sempre desconfiada...

borbolletta 30/11/05 13:53  

nao, linda, nao foi pra ti, nem sequer desconfiava que fosse de alguem que eu conhecesse, nada disso. veio no seguimento do comentario da flor, em que diz que as vezes pra defender os amigos as vezes ela é que fica mal.ai lembrei-me de varios episodios em que o fiz e o fiz da forma errada.

claro que não é de ti, nem nenhuma boca!! please n me interpretes mal:)
beijinhos

fantasma 30/11/05 13:58  

Ah, ok!! Assim fico mais descansada :o)
(é que eu sou mesmo desconfiada, lol)

Virgulina 30/11/05 14:59  

Amiga, espero que hoje estejas um bocadinho melhor. Acho que por vezes um blog serve para isso mesmo, para se escrever o que nos preocupa, o que nos irrita, depois de deitarmos cá para fora sentimo-nos sempre melhor. Como não conheço a pessoa de que falas, nem o problema com ela, só posso tentar dar-te apoio e dizer que sempre que precisares estamos aqui para te ouvir. Jinhos grandes. {{{{{C.}}}}}

patxocas 30/11/05 19:16  

Espero que tudo esteja melhor agora.
E só para dizer que te compreendo. Por vezes parece que melhora quando desabafamos.
Beijinhos enormes.

P.

  © Blogger template 'Sunshine' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP