quarta-feira, julho 08, 2009

ai vida

Toda a gente que tem gatos ou que conhece pessoas com gatos sabe como eles se conseguem esconder nos sítios mais estranhos, e quantas vezes os procuramos e chamamos e nem vê-los em lado nenhum e 5 minutos depois aparecem com o ar mais inocente deste mundo, vindos do espaço, com certeza.
Ora esconderem-se debaixo ou atrás do sofá é algo normal, mas quem é que já os viu a esconderem-se dentro do sofá?? Sim. Dentro! Os nossos sofás por baixo têm um tecido a fazer forro, só a tapar as madeiras, molas e afins de que o sofá é feito. No outro dia já tinha descoberto que as shô donas Ema & Bia andavam lá a esgravatar com as unhas e havia tecido pendurado. Na 2ª feira descobri que o tecido pendurado era dum buraco grande o suficiente para elas se meterem lá dentro! Sofá virado, fita forte a tapar para aguentar pelo menos mais uns tempos sem furarem de novo, ontem oiço barulhos lá debaixo e que vejo? Buraco maior feito noutro sítio e bichas enfiadas lá dentro!
Camas e casinhas para dormir têm lá. Sofás, mantinhas, o nosso colo. Não serve! Interior do sofá é que é bom sim senhora!

8 comments:

Buzas 8/7/09 17:16  

LOL! Tens que admitir que o esconderijo era bem fixe!
Um dos do meu sobrinho, quando eu ia lá a casa dar-lhes comida nas férias, uma vez escondeu-se na chaminé da lareira (subiu por ali acima, vê lá bem!) não imaginas o q foi para o encontrar! Eu sem perceber nada, tudo fechado e gato neps! São uns ganda malandros, estes nossos "bigodes"! :P

fantasma 8/7/09 17:19  

Fixe o catano!!!!!!!!!
;)

Mariana 8/7/09 17:40  

No ano passado, quando fomos de férias, a minha mãe ficou como de costume a tomar conta dos meus gatos. Um dia veio cá a casa e Nina nem vê-la. Como ela é meio doida a minha mãe ficou logo preocupada, a achar que ela se tinha atirado da varanda ou assim (nós moramos no 3ºandar...). Chamou, chamou, chamou e nada. Procurou pela casa toda e nada. Ligou ao meu pai, aflita, e andaram na rua, perguntaram aos vizinhos, esperaram e desesperaram e a Nina nada.
Umas horas depois aparece ela, cara inocente, olhos de sono, na maior das calmas. Ainda hoje não sabemos onde estava enfiada, mas a minha mãe nunca mais deixou a varanda aberta quando nós saímos.

São umas pestes, é o que é. E pregam-nos cada susto!

Cusca 8/7/09 18:09  

O meu fez-me exactamente o mesmo :S
bichos :S bjs

Leonor 8/7/09 20:39  

São do piorio. Às vezes nem sei onde estão e o pior é que por mais que as chamemos não vêm. Um dos gatos da minha mãe esteve 24 horas fechado num armário da cozinha, por baixo da banca. O gato tinha sido atropelado. Andou imensos dias desaparecido, quando apareceu tinha uma pata partida e estava mal tratada. Depois de idas ao veterinário desapareceu de novo e nós com um desgosto de morte. Pois tinha-se escondido ali e a minha mão só deu conta porque o ouviu espirrar enquanto cozinhava. São uma malta lixada, os felinos :-)

Ana O. 9/7/09 22:47  

LMAO! Sabes o que te digo? Dá-te por contente que é por baixo e não se vê, o meu sofá está todo arranhado e nem é deles afiarem as unhas, é mesmo das correrias e derrapagens. Se soubesse, na altura tinha comprado um mais barato! ;-)

Miar à chuva 10/7/09 11:31  

Cá por casa as cortinas tiveram de ser TODAS substituídas! Malandrecos terroristas :-p

PS- Vai-te habituando que de onde veio a imaginação para isso há muito mais... Muá-há-há ;-)

fantasma 10/7/09 11:33  

Ah sim, o ser por baixo é o menos mal. Mas os meus também estão todos arranhados por cima das correrias e maluqueiras, nada a fazer.
E os cortinados cheios de fios puxados ou mesmo com rasgões... é uma alegria
;o)

  © Blogger template 'Sunshine' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP