terça-feira, maio 13, 2008

medicina no trabalho

Caixinha levada de casa prontinha para as análises entregue? Done.
Agulha espetada na veia a tirar o belo do sangue (azul, claro ;))? Done.
Rastreio oftalmológico "ora leia lá a última linha fáchavor"? Done.
Ventosas do electrocardiograma agarradas a mim? Done.
Mais uma "amostra" entregue para o despiste (ilegal) de drogas? Done.
Raio-X à terceira porque a máquina não estava praí virada? Done.
Consulta de "gaijas" para aproveitar a oportunidade e ser toda remexida? Done.
Uma manhã inteira nisto e trabalho népias? Done.

Ter um palhaço dum médico que me diz que tenho uma semana para levar a vacina do tétano em atraso do ano passado ou não me passa o cartão de aceitação da consulta, apesar de eu dizer que esta semana era muito complicado em termos de trabalho e se não podia ser depois da próxima, e ainda fazer o ar de quem me está a fazer um grande favor em dar-me uma semana; e depois de me pesar ainda me dizer que tenho de ter cuidadinho porque mais 2 kgs e estou no limite da obesidade!??! Done!
Palhaço!!!!!! (ai se o apanho na rua... ainda se eu pesasse 70 e tal kgs, para a minha altura e constituição, vá! agora assim???? não estou magra, eu sei, mas daí até estar obesa! Filho da .....!!!!!!)

(ao menos é medicina no trabalho como deve ser... tirando o palhaço!!!)

14 comments:

Escalla 13/5/08 17:35  

Fogo! tb passei na 2ª por essa bela experiência, mas o meu era mais manhoso, n comentou ácerca do meu peso, aliás n comentou ácerca de nada...
só acenava e dava-me um olhar céptico... bah!
também não me tiraram sangue, ui aí é q era bonito...

fantasma 13/5/08 17:38  

Na outra empresa onde eu estava também era assim, ias lá e o médico perguntava: queixa-se de alguma coisa? E eu: não. E ele: ah, então tá optima, pode-se ir embora!
O sangue nem correu mal ;)

sofia 13/5/08 17:54  

tu estás no limite da obesidade?? o homem tá doido!

beijinhi

leonor 13/5/08 23:24  

Os médicos são/estão loucos!

Cenoura 14/5/08 10:25  

Esse gajo é parvo.
O limite entre uma pessoa considerada obesa e uma pessoa não obesa é arbitrário, pois tem que ver coms as diferenças entre as populações estudadas. Devias era ter perguntado: "Comparada com quem? Com a população da Nigéria?"

Anónimo 14/5/08 10:27  

É duro ouvir as verdades...

Ana O. 14/5/08 10:30  

Tão giro, vir aqui comentar como anónimo para deixar umas bocas, quando crescer também quero ser assim! Quero, quero!

E oh C., se tu estás no limite da obesidade então eu sou o Pai Natal!

terpsicore 14/5/08 10:34  

o nossos ainda são mais palhaços. Vêm uma carrinha e picam-nos o dedo e dão um boião de colheita asséptica pra fazermos xixi. Nada de raios X nem de consuta de gaijas. Só ECG. E dizem sempre que o meu coração está muito acelerado. Pudera, tenho sempre ataques de ansiedade quando eles vêm!

fantasma 14/5/08 10:44  

Realmente, Ana, tens toda a razão. Só que não é quando se cresce, é quando nos tornamos senis ;)

Olhe, sr anónimo, até podia ser verdade, mas muito pior que não saber ouvir as verdades é não ter tomates para dizer as coisas com um nome à frente.
E das duas uma: ou o sr não me conhece e portanto não pode fazer comentários deste género, ou me conhece e reforço a ideia de não ter tomates para mo dizer na cara.

Terpsicore, lool!! :)

Cenoura 14/5/08 10:52  

Por alguma razão anónimo é parecido com andrógino...
A estas pessoas deve faltar-lhes qualquer coisa... ao nível do cérebro especialmente...

Buzas 14/5/08 10:55  

Ainda bem que a colheita de sangue correu bem ;)

Realmente assim vale a pena fazer exames médicos. Pelo menos sentes que se estivesse alguma coisa "errada" davam por isso.

Qto á atitude do médico, é triste, até porque acaba por ser uma ofensa para as pessoas que estão realmente obesas, e como sabes, sei do que falo.
Sabia bem o que devias ter respondido, mas não cabe aqui.

Jokas ;)

Cenoura 14/5/08 10:56  

Terpsi: os meus são ainda mais fantásticos já que como trabalhadora do estado eles são... inexistentes (é o exemplo, é o exemplo).
Mas há outras situações hilariantes. Como contratada, no início de cada ano eu tenho de apresentar uma certidão de registo criminal. Quem é efectivo não precisa de apresentar nada, pode ter cadastro à vontade (e não, a comunicação informática não existe...)

fantasma 14/5/08 11:06  

A colheita de sangue não tem mal nenhum desde que não olhe para a agulha. Houve coisas que custaram/custam bem +!

Pois tens toda a razão, Buzas, e eu também sei o que lhe devia ter respondido e fiquei calada!

Estas coisas normalmente são um proforma, Cenoura, a maioria das empresas só faz algo porque são obrigadas e não serve para nada. Mas claro que tens razão...

Flor 18/5/08 13:36  

Esse teu médico deve achar que as anorécticas têm o peso ideal, não? Para achar que estás quase obesa, só pode :(
Que tristeza!
Enfim :p

Por outro lado, sempre se preocupam em fazer alguma coisa, pelo que ouvi de outras pessoas, há muito médico que não ligam nenhuma, podes até estar a morrer.
Bjs grandes

  © Blogger template 'Sunshine' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP