segunda-feira, março 13, 2006

de volta

Como o que é bom sempre acaba, cá estou de regresso do ski e de nuestros hermanos.

Apanhámos um tempo fabuloso. Chegámos domingo à noite, e soubemos que tinham havido fortes nevões no sábado e domingo de manhã, e que juntando a ventos fortes tinham impedido que as pistas fossem utilizadas no fim de semana. O que significava que estavam prontinhas para nós na 2ª de manhã.
Ainda vimos cair uns floquitos no domingo à noite, mas menos do que em Lisboa ;op Na 2ª, de esquis às costas e botas nos pés (aquelas botas são dos meus piores pesadelos, acreditem…) lá fomos rumo ao alto da montanha (alto para principiantes, claro!! ;o] ) onde nos esperavam 11ºC negativos!! Mas não se nota, se não fosse pormos as mãos na cara quando estamos sem guantes (leia-se luvas). O P. já é quase pró naquilo e foi para uma classe mais avançada. Eu e o casal nosso amigo (a S. e o N.), na sua 1ª vez, fomos para as aulas dos totós ;op Estava curiosa de saber como eles se iam dar, dado que são meio “trapalhões”, mas fiquei surpreendida, têm mais jeito que eu!! E como têm mais força e resistência, aguentam-se melhor sem cair, ou caindo levantam-se com os esquis, coisa que para mim nem pensar….
A professora deste ano (Renata - polaca, ficámos a saber) era bem melhor que o prof que eu tive o ano passado, explicava bem, insistia, tudo. Bem nos mostrou como inclinar as rodillas e virar as caderas (joelhos e ancas ;) ). Como aqui a florzinha de estufa mal se mexe o ano todo, depois acontece o previsível: ao 3º dia doíam-me todos os músculos existentes no corpo desde o pescoço ao dedinho do pé e não consegui ir esquiar. Mesmo para andar normalmente arrastava os pés e parecia que tinha levado uma tareia… :o( Fiquei desiludida comigo mesma... No 4º dia voltei à aula, pensei que ela me fosse dizer que era melhor não ir com eles, com + um dia de “experiência” mas ela lá me levou. Fomos para as pistas verdes mais altas, onde não tinha ido o ano passado, a Amapola e a Perdiz (para quem conhece). Aí estava muito contente comigo: ainda não tinha caído, e a Renata dizia-me que “no estíveste ayer pero vais muy bien!!” (claro que este espanhol não está bem escrito, lol), e lá andava eu a descer com os outros.
Ah! Lembram-se dos -11ºC de 2ª feira??? Pois hoje, 5ª feira, às 11 da manhã estavam 14ºC POSITIVOS!! Para quem está a +- 2600m de altura, com o sol a dar na cara, cheio de roupa, é muito… Tive que me ir despindo ;op
Para 3ª descida do dia a Renata leva-nos para outro teleférico… que dizia que não era para principiantes… começo a ficar com medo, mas alguém diz que as pistas eram verdes à mesma… chego lá acima, já de coração nas mãos, dou de caras com uma pista azul! Ia morrendo só de susto!! Sim, quem já sabe esquiar bem acha que estou a exagerar, mas eu tenho ainda muita falta de confiança, medo de ganhar velocidade, medo das alturas, e depois das outras 2 descidas tinha também já muito cansaço nas pernas… Aquela descida era muito larga mas bastante inclinada. Que esperam? Foi cair à primeira curva… quis descer de “rabo”, a Renata não me deixou, lá me pus em pé, tentei mais uma curva, tumba no chão outra vez. Aí começava a ficar desesperada, nervosa, stressada, até porque me pareceu que tinha sido a única a cair (vim a saber depois que não). Lá me levantei outra vez, e aí consegui descer. Esta pista (La Peseta) vai desaguar nas outras verdes que já tínhamos descido, e nem queiram saber o esforço que fiz para lá chegar. A prof não me podia deixar “sozinha”, mas só me dizia que tínhamos de despachar porque ela tinha uma aula a começar daí a 6 minutos! Não, não me aumentava nada a ansiedade! Lá acabou por me deixar com a S. e o N., e lá desci o resto muito devagarinho, quase a ficar sem pernas. Toda eu tremia.

Agora digam-me lá se vale a pena uma pessoa ir de férias, pagar, para isto?!?! É por isso que não sei se o esqui vai ser uma actividade que mantenha para o futuro… terei de ganhar resistência e perder o medo… E ao ver a S. e o N., na sua primeira vez, tão à vontade, fiquei mesmo triste. Só eu não tenho jeitinho para aquilo….
O P., claro, lá andou por sítios novos, divertiu-se, aprendeu, e desceu o Rio (nessa é que nem morta me apanham :op)

Mas como nem só de ski se vive na Serra Nevada, aproveitámos as tardes para “esplanar”, a levar com o solinho na cara e a beber chocolate quente ou capuccinos. A comer “croquetas”. Gouffres com chocolate quente (Nhammmmmmm). A fazer bonecos de neve. A passear por lá e a encontrar por mero acaso, 2 vezes, a Mãe Babada :o]. O jantar buffet no hotel também era bem jeitoso, por isso nem quero pensar no que me aconteceu à dieta. Talvez me tenha valido o desgaste físico :o)

Aqui ficam umas fotos, só para vos aguçar a curiosidade, mais AQUI (estou agora a começar a “uploadar”, por isso tenham calma, xim?? :o) )

(e desculpem lá a seca da descrição… isto de uma semana sem postar é o que dá… ainda por cima para lerem as desgraças da “sem jeitinho para nada” ^_^)






14 comments:

papalagui 13/3/06 17:28  

Oh, não fiques triste! Mas compreendo-te bem, neve não me puxa rigorosamente nada.

fantasma 13/3/06 17:47  

Mas é que a mim até puxa... É giro, e totalmente diferente do que normalmente fazemos. Mas depois chego lá e não tenho jeitinho nenhum fico tão desanimada :(

Virgulina 13/3/06 17:51  

Não desanimes, imagino que deva ser difícil, só mesmo com o treino se melhora. E o que interessa é que te divertiste, certo? ;o)

syrin 13/3/06 17:56  

Deixa lá, se não consegues fazer ski, podes sempre fazer sku. Eu cá adoro. Ski não, muito obrigada.
E com a neve sempre dá para fazer bolas, bonecos, passear...
ai, que saudades de acordar com o rádio a dizer Baviera do Norte, 14º negativos...
Welcome back!

fantasma 13/3/06 18:01  

:op

Patrícia 13/3/06 21:28  

Não desanimes C., é sempre uma questão de habituação. Eu nunca esquiei, e não faço ideia se teria jeito, mas acho que como tudo é uma questão de insistir! O nosso maior problema é viver nesse cantinho onde não há maneira de practicar (ó que pena...;).
Quem nos manda ter Kms e kms de costa e praias maravilhosas??

Beijiocas

Mãe Babada 13/3/06 22:56  

Porque não tentas antes ter aulas particulares?
Eu este ano não era para fazer curso, mas depois percebi que já me tinha esquecido de alguns "pormenores" absolutamente básicos! Só que no final do 2ª dia estava a desesperar, porque estava a atrasar a aula. Em vez de tentar fazer os exercícios, só me preocupava em tentar apanhar o resto do grupo. E ficava cada vez mais cansada.
Troquei o resto do curso por aulas particulares e aí sim! A aula decorria ao meu ritmo, o professor corrigiu-me os erros. Deixei de cair com tanta frequência...além disso, o professor era uma brasa ;)
Não desistas!

Tania Ho 14/3/06 09:59  

Como ? Desistir ? Nem penses !!!! Vais ver que com mais prática perdes o medo e a ansiedade, foi o que me aconteceu. E concordo com as aulas particulares, acho que se tira mais proveito e se aprende bastante mais ... Bjs e bem vinda de volta **

fantasma 14/3/06 10:21  

Sim, um grande contra é não ter onde praticar por aqui. Fazer de ano a ano não dá para ganhar prática nem perder o medo! Já andei para aqui a pensar ir um fim de semana à Serra Nevada, mas é puxado fazer 750km numa 6ª à noite e outros tantos num domingo.... :oS

Quanto às aulas particulares, tb falámos disso este ano, e quase de certeza que é o que vou fazer se/quando voltar. Assim o prof "investe" só em mim e eu canso-me menos. E não tenho o stress de olhar para os outros da "turma"! Desde que ninguém se lembre de me fazer descer o rio... ;o)
E se há professores que são uma brasa, eh lá, já lá estou!! :op

Anathema 14/3/06 12:10  

eheh eu cá tb n devo ter jeitinho nenhum para ski...

Deve ser giro e tal, mas para uma desportista nata como eu acho que tb n dava!

MAs claro, tudo é uma questão de prática! Há quem aprenda em 1...2 dias e há quem aprenda em anos ;oP

As fotos tão mto fixes :o)

Sofia Cavaco 15/3/06 00:45  

ai q inveja da paisagem branquinha, dos dias d descanso intelectual....
claro q os trambolhoes e as dores sao dispensaveis.... :P

no final o q interessa é q t tenhas divertido! :D

Alexandra 15/3/06 10:22  
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Alexandra 15/3/06 10:23  

Bem vinda de volta!

Nunca experimentei fazei ski, mas tenho a sensacao que ia ser completamente descoordenada. Eu caio sempre que simplesmente olho para um skate, por exemplo.

Witchie 16/3/06 11:51  

Vais ver que da próxima já desces o rio com uma perna às costas! A pista não é assim tão puxada como parece, é só muito longa. E concordo com as aulas particulares - pelo menos eliminas o factor stress, que ajuda logo com todos os outros! Vá, nada de desistir! ***

  © Blogger template 'Sunshine' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP